Congelamento de Tecido ovariano

Em casos urgentes, quando não há tempo hábil para estimular o ovário e coletar os óvulos podemos retirar o tecido ovariano por vias cirúrgicas e o congelamos para preservação da fertilidade.

Também chamado de Criopreservação do tecido ovariano, o método é recomendado para pacientes oncológicos em casos mais urgentes, mulheres que não podem ser submetidas à estimulação com hormônios e meninas que ainda não passaram pela puberdade.

O método consiste em remover uma parte do tecido ovariano por um procedimento cirúrgico chamado de laparoscopia, seguido do congelamento deste tecido em nitrogênio líquido. Com a cura do câncer, o tecido preservado é reimplantado no corpo feminino, com grandes chances de produzirem óvulos saudáveis que possibilitem uma gestação.

Este método ainda é experimental, mas já obteve sucesso em dezenas de caso.